CAMPANHA DE LUTA CONTRA AIDS 2017


"SUS É SAÚDE" é o tema a ser trabalhado pela Pastoral da Aids na campanha do dia mundial de  1º de dezembro, apresenta-se como momento oportuno para o estabelecimento de redes e parcerias com outras organizações de luta contra a Aids e com os serviços públicos de saúde. Deste modo, os agentes da Pastoral são convidados a participar das mobilizações de cada local onde as equipes estão organizadas no território nacional.

O SUS é o Sistema Único de Saúde , aprovado em 1990, cujo atendimento deveria ser acessível a todos e todas. Além dos atendimentos hospitalares e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o SUS cuida dos diversos fatores que promovem a saúde da população brasileira. 

Os avanços da ciência, o esforço de gestores e o empenho da sociedade civil fizeram da aids um doença tratável. Com o conhecimento e as tecnologias é possível viver com qualidade mesmo sendo pessoa com HIV. É o SUS quem garante estes avanços. Por isso, apoiar o SUS é apoiar a resposta brasileira contra a aids. Para melhorar a qualidade de vida e evitar novas infecções e óbitos por causa da aids é preciso fortalecer e ampliar  a rede de cuidados! A responsabilidade é de todos e todas!

Se precisar de fazer download do material da campanha entre em contato conosco. 
Share:

XV Seminário de Prevenção ao HIV - 2017

"Promover a Prevenção, Garantindo o Cuidado", foi o tema do XV Seminário de Prevenção ao HIV, promovido pela Pastoral da AIDS na cidade do Rio de Janeiro no período de 20 à 22 de Outubro de 2017.



O evento ocorreu no CEFEC-Centro de Formação e Espiritualidade Cabriniana - Rua Conde de Bonfim, 1305 - Tijuca. Com a participação de vários Agentes do Brasil e convidados, os assuntos abordados deram ênfase ao serviço do "Cuidar", desde a avaliação da Estratégia 90-90-90 proferida pelo Ministério da Saúde aos avanços e limites das estratégias de trabalho para o SUS.O diálogo dos participantes, com as apresentações dos painéis do acompanhamento as pessoas que vivem com HIV mostraram como é possível fazer o enfrentamento da epidemia por meio das campanhas de prevenção e incentivo do cuidado.Os momentos de espiritualidade também visaram a força que o agente da Pastoral precisa para continuar no serviço.Nós últimos momentos do evento os agentes puderam debater nos grupos de trabalho quais as possibilidades de intensificar e o que é possível inovar no trabalho da pastoral nos aspectos da prevenção e do cuidado.Por fim, a aprovação do documento oficial do evento, Denominado "Carta do Rio de Janeiro" que dá ênfase com as sugestões dos agentes sobre a prevenção na perspectiva do fortalecimento do SUS. Os agentes e convidados tiveram o prazer de compartilhar o que a Pastoral da Aids tanto vincula em todo seu trabalho: O acolhimento, a informação e o compromisso social.


Acesse a Carta do Rio de Janeiro 2017
Share:

VII Seminário Nacional de Incidência Política

Nos dias 07 a 09 de julho de 2017, na cidade de Porto Alegre/RS, aconteceu o “VII Seminário Nacional de Incidência Política” organizado pela Casa Fonte Colombo e pela Pastoral da Aids com o tema “Participar para garantir direitos” e como pergunta norteadora: “Onde dormirão os pobres?” (Ex 23,26). Teve por objetivo qualificar lideranças da Pastoral da Aids que participam nas instâncias de controle social, especialmente dos Conselhos de Saúde ou que coordenam as ações da pastoral nas dioceses. A intenção foi debater com os participantes, desde suas experiências e militância, como está se realizando o processo de integração da aids no contexto do SUS e como manter o debate sobre a universalidade, integralidade e equidade do sistema de saúde, numa época em que o próprio sistema se encontra em risco. O Seminário se apresenta também como uma oportunidade de diálogo em vista da busca de uma atuação mais eficaz por parte da Pastoral.



Diversas conferências contribuíram para o sucesso do Seminário. A citar: Cenários Políticos da Atualidade – Por Dr. Marcelo Kunrath da Silva (Ufrgs); Cenários de Enfrentamento da Aids no Brasil: avanços, recuos e desafios – Por Veriano Terto Jr (ABIA); Resposta brasileira à epidemia de HIV/Aids – Por Ivo Brito (Ministério da Saúde); Situação Atual da Pastoral – Por Fr. Lunardi, OFM Cap (Coordenador Regional Sul 3); Razões cristãs do envolvimento no campo da incidência política – Fr. José Bernardi, OFM Cap (Diretor da ESTEF) e Exposição do resultado dos grupos: incidências e aspectos inovadores – Por Rubens Duda (assessor técnico do Programa Municipal de DST/Aids de São Paulo/ SP). 
Estiveram presentes 90 lideranças representantes de 22 Estados do Brasil. Fruto do trabalho do Seminário foi a “Carta de Porto Alegre/RS 2017” que foi levada por cada uma das lideranças para se entregue nas instâncias de controle social que cada um participa e para fomentar discussão e diálogo em vista da realidade que vivemos no país, pois “Evangelizar é tornar o Reino de Deus presente no mundo” (Evangelii Gaudium 176).

Leia a Carta de Porto Alegre 2017

Fonte: Frei Luiz Carlos Lunardi
Share:

Pastoral da Aids na Festa da Mãe Aparecida

A Pastoral da AIDS, um serviço da Igreja Católica atenta às necessidades das pessoas que vivem com HIV, trabalha na prevenção e contribui com a sociedade na contenção da epidemia, envolvendo todos os cristãos na luta contra a AIDS, sendo presença solidária e misericordiosa, acolhendo e promovendo a vida como bem maior. Em parceria com o Ministério da Saúde por meio do Departamento de IST, Aids e Hepatites Virais e das Coordenações Estaduais de IST/Aids de São Paulo e do Espírito Santo, a Pastoral da Aids realizará, durante os festejos da Festa da Padroeira 2017 - Jubileu dos “300 anos de bênçãos”, uma grande ação de Incentivo ao Diagnóstico Precoce ao HIV com o tema “Com a Mãe Aparecida, por um mundo sem AIDS”. O objetivo dessa atividade é conscientizar os romeiros sobre os desafios da AIDS e promover o Incentivo ao Diagnóstico Precoce, com orientação e testagem para o HIV. Estima-se que durante os dias 11, 12 e 13 de outubro sejam beneficiadas cerca de 1000 pessoas com testagem e 15 mil panfletos distribuídos entre os romeiros dos mais diversos locais do Brasil.  
O Santuário de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, o maior Santuário no mundo dedicado a Maria, Mãe de Deus, localiza-se no Vale do Paraíba, no eixo Rio - São Paulo.  Durante o mês de outubro, particularmente no dia 12, dia de Nossa Senhora Aparecida, pessoas de todos os recantos do Brasil visitam o Santuário Nacional, momento em que os olhos do mundo se voltam para acompanhar os festejos e a grande manifestação de fé do povo brasileiro. E será neste contexto que a Pastoral da Aids desenvolverá essa ação, cujo objetivo é disponibilizar informação, orientação, testagem rápida do HIV com amostra de fluido oral, educação para o tratamento e promoção de saúde, baseado na metodologia de educação entre pares.  

Segundo o coordenador da ação “Com a Mãe Aparecida, por um mundo sem AIDS”, Evandro Ferrete, responsável pelo Regional Leste 2, a Pastoral da Aids preparou uma equipe de agentes da Arquidiocese de Vitória para realizar toda a orientação e testagem para o HIV. A ação será desenvolvida no corredor do Centro de Apoio aos Romeiros, localizado em frente ao portão principal de entrada de veículos. Neste corredor será montado um espaço adequado para atender os fiéis gratuitamente na realização do teste, resguardando sua confiabilidade, segurança e sigilo, fundamental para realização dos testes, contribuindo na luta por um mundo sem AIDS. Outros agentes de vários regionais também participarão, realizando a panfletagem e divulgação, convidando os romeiros a procurarem o espaço para testagem.   


A testagem para HIV é a primeira meta para a erradicação da AIDS. Segundo o relatório “Acabando com a AIDS: progresso rumo as metas 90-90-90” disponibilizado pelo programa das Nações UnidasUNAIDS, em 2016, mais de dois terços (84%) das pessoas vivendo com HIV conhecem seu estado sorológico positivo. Das pessoas diagnosticadas HIV positivas, 79% estão vinculadas aos serviços, e das pessoas em tratamento, 91% tem carga viral indetectável devido a adesão ao tratamento.  
De acordo com o Ministério da Saúde estima-se que 830 mil pessoas vivem com HIV/AIDS no Brasil até 2016. Dessas, cerca de 136 mil não sabem que estão infectados. A Intercessão de Nossa Senhora Aparecida é a garantia que conseguiremos construir um futuro sem AIDS e como Igreja em saída promover a vida como bem maior.  
Share:

Capacitação de agentes da Pastoral da Aids no Regional Sul3 - Porto Alegre/RS

Dias 03 a 05 de março 2017 acontecerá a capacitação de agentes da Pastoral da Aids do Regional Sul3.

A Capacitação será em Porto Alegre/RS e contemplará as nove dioceses onde a Pastoral está atualmente organizada. Neste evento será aprofundado os dados epidemiológicos 2017, o Plano Pastoral da Aids 2017 a 2019, mística e espiritualidade da Pastoral bem como será retomado o planejamento conjunto das atividades para este ano.
Share:

CURTA E COMPARTILHE

História da Pastoral

">">">

Seguidores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog

Theme Support