Coquetel Reduz Pela Metade Casos de Aids

Estudo anunciado em encontro internacional comprova eficácia da triterapiaO tratamento dos soropositivos com triterapia (mais conhecida como coquetel) divide pela metade o número de novos casos de infecção com HIV, segundo um estudo publicado ontem pela revista The Lancet, antes da abertura da 18ª Conferência Internacional sobre Aids, em Viena, na Áustria. Entre 1996, data do lançamento dos tratamentos com triterapia, e 2009, o número de pessoas tratadas passou de 837 a 5.413 na província canadense de Columbia Britânica, onde foi realizada a pesquisa.
No mesmo período, o número de novos diagnósticos passou de 702 a 338, ou seja, uma queda de 52%.
Para cada cem pessoas com tratamento de triterapia, o número de novos casos baixava 3% – afirmam os autores do estudo, dirigido pelo argentino Julio Montaner, diretor do Centro para a Excelência sobre a Aids da Columbia Britânica.
De acordo com o estudo, a redução do número de novos diagnósticos ocorre em particular entre os consumidores de drogas injetáveis. Esses resultados, assinalam os pesquisadores, mostram a eficácia do uso das triterapias “para conter a transmissão do HIV e justificam a reavaliação da divisão entre prevenção e tratamento”.
Começar cedo o tratamento contra a doença com antirretrovirais é essencial para o sistema imunológico, afirma a Sociedade Internacional da Aids.

Nenhum comentário:

Postar um comentário