Para Cada Mulher com HPV, Existe Quatro Homens!

Os médicos alertam para prevenir e impedir a contaminação da mucosa da boca e garganta com o papiloma vírus humano, o HPV. Para se ter uma noção melhor da importância dessa medida, vale lembrar que, nos últimos dez anos, especialistas do mundo inteiro perceberam que o HPV tem se tornado o principal causador do câncer de garganta (câncer de orofaringe) entre os menores de 50 anos, superando o tabagismo e o álcool, que costumam ser os principais causadores da doença entre os mais velhos. O diretor médico do Centro de Pesquisa e Assistência em Reprodução Humana (Ceparh) e ginecologista, Jorge Valente, lembra que, no homem, algumas das variações do HPV são responsáveis ainda pelo câncer de pênis e, nas mulheres, são disparadores do câncer de colo de útero.
“Infelizmente, os homens - na maioria dos casos -são apenas os hospedeiros e não apresentam sintomas, por isso mesmo, não sabem que estão servindo como vetores de disseminação e contágio”.

O cirurgião de boca e pescoço, Ivan Agra, lembra que apesar disso, os cânceres de orofaringe ainda são mais comuns no público masculino. “Para cada mulher com a doença, existe quatro homens com o mesmo problema”, salienta ele.

Para assegurar a saúde da boca e garantir o tratamento rápido, Ivan Agra defende que as pessoas realizem periodicamente o auto exame da boca, verificando qualquer lesão na área. “Feridinhas que não cicatrizam, dor para engolir que ultrapassa o período de três semanas merecem atenção especial e, nesses casos, deve -se procurar um médico o mais rápido possível”.
Outra boa dica é investir na vacina contra o HPV. No entanto, ela deve ser feita preferencialmente antes de meninos e meninas iniciarem a vida sexual. “Enquanto ainda não tem vacina que trate, a alternativa será sempre investir na prevenção”.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Unordered List

Sample Text

Seguidores

Arquivo do blog

Recent Posts

Theme Support