Prevenção para comunidades indígenas – Araguaína/TO

A proximidade das áreas indígenas aos centros urbanos, entradas de não indígenas nas aldeias, incursão de jovens indígenas nas cidades, consumo abusivo de bebidas alcoólicas, reduzida informação e acesso aos exames de diagnósticos para DSTHIV pelos serviços às gestantes, fatores sócio econômicos como pauperização e terra indígena sem demarcação são os principais fatores de vulnerabilidades para os povos indígenas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário