I Fórum de Direitos Humanos e Assistência às pessoas Vivendo com HIV Aids do Cariri/CE


  Foi realizado na tarde desta segunda-feira, no auditório do CEREST, o 1º Fórum de Direitos Humanos e Assistência às Pessoas Vivendo com HIV/AIDS , promovido pela Associação Caririense de Luta contra a Aids e Pastoral da Aids com o apoio do Programa Municipal de DST/Aids, aberto com uma palestra do médico infectologista, Pablo Pita, sobre Monitoramento TB e HIV. Em seguida, a assistente social, Ana Paula, falou sobre Direitos Sociais e Trabalhistas das PVHA, enquanto os militantes do movimento de luta contra aids  Toninho(Fortaleza)  e Valdir(Quixadá) , acrescentaram sobre Direitos e Deveres das PVHA. O evento contou com a participação de mais de 100 participantes, dentre eles um grande número de pessoas vivendo com HIV/Aids da região do Cariri. Antes do encerramento, o Coordenador do Programa de DST/Aids em Juazeiro, Ronildo Oliveira, falou sobre a assistência prestada no município, culminando com o lançamento da Campanha de Combate ao Preconceito e Estigma as Pessoas que vivem com HIV/Aids. Ronildo lembrou a recente inauguração pelo prefeito Raimundo Macedo da nova sede do Centro de Infectologia na Rua Dom Pedro II, 1769 no Bairro Franciscanos, que ganhou o nome de José Alves dos Santos, um dos primeiros pacientes com o vírus HIV ali atendido. O prédio conta com dois consultórios médicos, um de enfermagem, psicologia, serviço social, uma sala infantil, além de copa, farmácia, salas de coordenação e educação em saúde, ampla recepção e o programa recebeu um veículo as atividades externas. A equipe é composta por dois médicos infectologistas, clínico, oftalmologista, enfermeira, assistente social, psicóloga, farmacêutica, técnica de enfermagem, motorista, duas secretárias e o coordenador técnico. Todo mês são distribuídas 60 complementos alimentares para pessoas portadoras do HIV mais necessitadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário